Noz da Índia emagrece mesmo? Saiba tudo sobre aqui!

Hoje você vai descobrir se Noz da Índia emagrece mesmo, ou se é apenas mais um mito. Descubra aqui essa e outras curiosidades sobre a Noz, além de efeitos colaterais e a forma correta de consumo.

O que é a noz da índia?

Noz da Índia emagrece mesmo

Nada mais é que uma semente, de nome científico Aleurites moluccana, que ficou mundialmente conhecida pela capacidade de agir sobre a gordura localizada de forma completamente natural, e é por isso que faz tanto sucesso.

Do que é composta a noz da Índia?

Podemos encontrar nessa semente alguns compostos, como moretenol, Moretenone, beta-sitosterol e alpha-amirina. Pesquisadores apontam que extratos retiradas da noz contavam também com capacidade antibacteriana.

Benefícios da Noz da Índia

Além de ser potencialmente antibacteriana, podemos observar outros benefícios, como:

  • Tonificar a pele e os músculos, sendo boa pedida para quem pratica exercícios físicos;
  • Combater a celulite;
  • É um anti stress natural, por isso atua na ansiedade, diminuindo vontade de comer;
  • É um remédio natural para hemorroidas;
  • É um tratamento natural para a queda de cabelo;
  • Reduzir o triglicérides, sendo ótimo para quem sofre de hipertensão ou pressão alta.
  • Garantir o bom funcionamento do intestino;
  • Ajudar na desintoxicação do organismo;
  • Aliviar a dor da artrite;
  • Manter a pele mais jovem e, por isso, combate a flacidez;
  • Reduzir a acne;
  • Controlar o colesterol, de forma que o consumo de noz da Índia ajuda no controle dos níveis de colesterol ruim (LDL) e suas frações.

O que a semente faz aqui é inibir a biossíntese de colesterol hepático, a síntese do colesterol pelo fígado e diminuição da absorção de gorduras pelo intestino;

  • Possuir ação analgésica e anti-inflamatória.

Mas afinal, Noz da Índia emagrece mesmo ou é apenas um mito?

mulher magra

A Noz da Índia emagrece porque age diretamente sobre a gordura localizada, evitando que uma parte da gordura dos alimentos se deposite no tecido adiposo, de forma que a gordura não armazenada é eliminada pelas fezes.

A semente também possui efeito laxativo para algumas pessoas, por isso ajuda na desintoxicação do organismo. É sempre bom consumir em horários em que vai estar em casa ou em locais que tenham fácil acesso ao banheiro.

Como tomar Noz da Índia?

É fácil aprender como consumir noz da Índia, mas é importante manter a rotina certinho, para evitar reações indesejadas. Organizamos um passo a passo para você entender melhor:

São apenas dois passos para você tomar noz da Índia:

Ao comprar a noz, dê preferência a um vendedor de confiança, pois existem versões falsificadas da semente que podem trazer vários malefícios para a saúde.

Passo 1: Pegue uma semente e divida em 8 partes iguais. Tome uma dessas partes (ou seja, 1/8 da semente) por dia, com bastante água, de preferência após o café da manhã.

Beba muitos líquidos durante o dia, pois além de laxativa, a semente também possui efeito diurético, ou seja, seu corpo vai eliminar bastante água.

Passo 2: Após 8 dias consumindo a noz da forma descrita acima, a partir do nono dia você vai dividir a semente em 4 partes iguais e tomar uma parte por dia (ou seja, ¼ da semente por dia) seguindo as mesmas orientações do passo anterior.

Ao finalizar o passo 2, quatro dias depois, você pode repeti-lo, já que seu corpo terá se acostumado com essa nova dosagem mais alta.

Atenção: Tomar uma dose maior que a recomendada aqui pode trazer diversos efeitos colaterais, alguns bem desagradáveis, por isso siga corretamente as instruções.

Efeitos colaterais da Noz da Índia:

Existem alguns cuidados que devem ser tomados ao se consumir noz da índia, evitando que alguns efeitos colaterais aconteçam.

O principal cuidado aqui é o de não confundir a noz com uma outra semente, chamada de “Chapéu de Napoleão”. Esse outro alimento é extremamente tóxico e conta com grandes quantidades de glicosídeos cardiotônicos, substâncias que afetam a saúde.

noz da india x chapeu de napoleao

Como ambas as sementes são bem semelhantes, o melhor a se fazer para que não haja confusão é adquirir sua noz da Índia em vendedores de confiança.

O início do tratamento pode ser um pouco cansativo para algumas pessoas. Você pode sentir algum tipo de fadiga, cólicas intestinais e intestino solto (já que diuréticos fazem o corpo expelir potássio). Esse último sintoma tende a diminuir com o passar do tempo.

De toda forma, consumir uma banana por dia é o suficiente para adquirir a dosagem de potássio necessário ao organismo para neutralizar qualquer tipo de diarreia.

Se os sintomas citados acima persistirem por muito tempo, a indicação é de que você diminua a quantidade de consumo da noz (pela metade). Se ainda assim estiver sofrendo com algum efeito ruim, é melhor interromper o uso.

Noz da Índia e alimentação saudável: Uma combinação certeira!

Ao que diz respeito à alimentação, é muito importante cortar certos alimentos que muita gente consome no dia a dia, tais como: bolachas recheadas, frituras, fast foods, molhos para salada, massas, pães de farinha branca, doces e refrigerantes.

Investir em uma alimentação saudável e balanceada muitas vezes pode ser difícil ou confuso para algumas pessoas, por isso você pode se consultar com uma nutricionista para montar um cardápio mais adaptado as suas necessidades.

Também é preciso abandonar de vez a vida sedentária e buscar por uma rotina mais saudável, que envolva a prática de exercícios físicos emagrecedores.

Você pode entrar para uma academia ou praticar exercícios em casa, além de sair para caminhar e correr. Aulas de dança e esportes também são ótimas pedidas para quem não gosta da rotineira academia.

A Noz da Índia emagrece mesmo, mas é preciso aliar o seu consumo a uma maneira mais saudável de se alimentar e de levar a vida, longe de alimentos prejudiciais e sempre buscando deixar a preguiça de lado.